Qual a Diferença entre Estresse e Ansiedade

Guest   Autor: Especialista em Saúde Mental e Desenvolvimento da Criança e do Adolescente.

O estresse e a ansiedade partilham muitos dos mesmos sintomas psicológicos e físicos, o que torna difícil detetar as diferenças entre eles. Saiba se está a sofrer de estresse ou ansiedade neste artigo.

Para quem olha de fora pode ser difícil distinguir as diferenças entre o estresse e a ansiedade. Ambos podem levar a noites sem dormir, exaustão, preocupação excessiva, falta de concentração, e irritabilidade.

Sintomas de estresseMesmo os sintomas físicos, como frequência cardíaca rápida, tensão muscular e dores de cabeça, podem ter impacto tanto nas pessoas que sofrem de estresse como nas pessoas diagnosticadas com um distúrbio de ansiedade. Com sintomas que podem parecer permutáveis, pode ser difícil saber quando tentar controlar os sintomas sozinho ou quando procurar ajuda profissional.

Em suma, o estresse é a reação do seu corpo a um gatilho e é geralmente uma experiência de curto prazo. A ansiedade é uma reação de medo a longo prazo.

O estresse pode ser positivo ou negativo. Quando o estresse o ajuda a conseguir realizar o projeto que se pensava ser uma causa perdida, é positivo. Quando o estresse resulta em insónia, má concentração e incapacidade de fazer as coisas que normalmente se fazem, é negativo. O estresse é uma resposta a uma ameaça em uma situação concreta.

A ansiedade, por outro lado, é uma perturbação sustentada da saúde mental que pode ser desencadeada pelo estresse. A ansiedade não desaparece assim que a ameaça é mediada ou o problema resolvido. A ansiedade continua a longo prazo, e pode causar uma deficiência significativa nas áreas sociais, ocupacionais, e outras áreas importantes de desempenho pessoal ou profissional.

Sintomas de estresse.

Há uma série de perturbações emocionais e físicas ligadas ao estresse, incluindo depressão, ansiedade, ataques cardíacos, AVC, angústia gastrointestinal, obesidade e hipertensão, para citar apenas algumas. Níveis elevados de estresse podem causar estragos na mente e no corpo. Embora o estresse se possa manifestar de muitas formas, ajuda a conhecer alguns sintomas comuns:

Os sintomas de estresse podem variar e mudar com o tempo. A elaboração das suas próprias respostas ao estresse pode ajudá-lo a aumentar a consciência de como o estresse se manifesta para si. O conhecimento desta informação vital ajudá-lo-á a aprender a utilizar técnicas de redução do estresse aos primeiros sinais, para evitar repercussões a longo prazo.

Como lidar com o estresse.

Como lidar com o estresseAprender a lidar com o estresse pode exigir alguma tentativa e erro da sua parte, porque o que funciona para o seu amigo pode não funcionar para si.

É importante construir o seu próprio kit de ferramentas de redução do estresse para que tenha mais do que uma estratégia a implementar quando o estresse se instala.

Quando procurar ajuda para controlar o estresse.

Se tiver dificuldade em gerir o estresse e isso impedir a sua capacidade de realizar as suas atividades diárias normais, tanto pessoais ou profissionais, pode tentar um remedio natural para alívio do estresse (como o que recomendo mais abaixo) ou marcar uma consulta com um psicólogo, pois a terapia de conversa, também conhecida como psicoterapia, pode ajudar.

É importante aprender a identificar os seus estímulos e respostas e encontrar estratégias que funcionem para si.

O que é a Ansiedade.

A ansiedade é tipicamente caracterizada por um "sentimento persistente de apreensão ou pavor" em situações que não são de facto ameaçadoras. Ao contrário do estresse, a ansiedade persiste mesmo depois de uma preocupação ter passado.

Em casos mais graves, a ansiedade pode escalar para uma perturbação da ansiedade, a questão mais comum da saúde mental. As perturbações da ansiedade são classificadas de várias formas: ansiedade generalizada, distúrbios de pânico, fobias, ansiedade social, distúrbio obsessivo-compulsivo e distúrbio de estresse pós-traumático (PTSD).

Sintomas de Ansiedade Generalizada.

A característica que define a perturbação generalizada da ansiedade é a ansiedade excessiva e a preocupação sobre uma série de eventos ou atividades, que acontece durante mais dias do que não acontece, durante um período de pelo menos seis meses.

A intensidade da ansiedade ou preocupação está fora de proporção com a probabilidade real ou impacto do evento ou eventos previstos que a geram.

Sintomas de Ansiedade GeneralizadaOutros sintomas da desordem generalizada de ansiedade incluem o seguinte:

Sintomas psicossomáticos: Dores de cabeça, dores de estômago, tonturas, picadas no peito que parecem agulhas.

Sintomas físicos: Falta de ar, batimento cardíaco rápido, suor excessivo, falta de ar, dor no peito.

A ansiedade, preocupação, ou sintomas físicos causam angústia ou deficiência clinicamente significativa na área social, ocupacional, ou outras áreas de funcionamento social e profissional.

Tratamento das Perturbações de Ansiedade.

Os dois principais tratamentos para a ansiedade são a psicoterapia e a medicação, e muitas pessoas beneficiam de uma combinação dos dois.

Todas as pessoas podem experimentar períodos de estresse esporadicamente, e por vezes o estresse pode sentir-se esmagador. É importante aprender como gerir o seu estresse, com as técnicas que abordo neste artigo ou com um calmante natural, ou quando precisa procurar ajuda.

Quando o estresse já não se consegue controlar com estes meios, e os sintomas de ansiedade interferem fortemente com a sua vida diária, é altura de procurar uma avaliação por parte de um profissional de saúde mental licenciado.

 
Artigos Relacionados