Ejaculação Precoce Tratamento Natural

Dr Pedro Pinto Um artigo do autor: formado em medicina familiar e urologia.

A ejaculação precoce é um problema sexual muito comum, que é responsável pelo homem ejacular depressa demais, não dando tempo à sua parceira para poder desfrutar da relação. Um estudo bastante completo demonstrou que os homens que sofrem com ejaculação precoce ejaculam em menos de dois minutos enquanto que a média dos homens que não apresentam problemas anda nos sete minutos.

Desde que seja um problema sexual que ocorra esporadicamente não é motivo para preocupação, no entanto se é comum ejacular antes que você e sua parceira o desejem, ainda antes do coito começar ou logo após a penetração, então é considerado um problema de ejaculação precoce grave e deve ser tratado.

Para algumas pessoas a ejaculação precoce pode não ser encarada como um problema muito sério, no entanto a verdade é que esta doença pode fazer qualquer homem andar deprimido e frustrado. A ejaculação precoce também é a causadora de muitos problemas sociais e pode facilmente destruir o casamento e toda a vida sexual do homem afetado.

A ejaculação precoce tem vários graus de intensidade que normalmente varia entre ejacular dentro de um lapso de tempo compreendido entre um e dois minutos após a penetração, mas há homens que ejaculam imediatamente ou mesmo antes da penetração, o que se torna um problema não apenas para a relação amorosa como mesmo para quem quer ter filhos.

Quase todos os homens acabam por sofrer de pequenos episódios de ejaculação precoce uma vez por outra sem que isso acarrete problemas de maior.

episódios de ejaculação precoce pode ser frustranteMas ter frequentes episódios de ejaculação precoce pode ser frustrante, mesmo humilhante. Pincipalmente para o homem que não tem uma parceira sexual certa ou que está numa relação amorosa à pouco tempo, visto que desaponta a sua parceira e afeta o homem onde dói mais, na sua virilidade. Os resultados podem ter consequências sérias, tanto para o homem como para a mulher.

A ejaculação precoce pode ser permanente ou adquirida. A ejaculação precoce permanente é quando o homem a experimentou desde sempre, desde as primeiras relações. A ejaculação precoce adquirida é quando o homem antes tinha relações sexuais normais e só mais tarde começou a ter estes sintomas.

Podem estar relacionados fatores psicológicos ou físicos e embora a maioria dos homens se sintam embaraçados em falar deste assunto, a ejaculação precoce é bastante comum e é tratável.

Medicamentos, remedios naturais, conselhos psicológicos e técnicas de atraso da ejaculação podem melhorar a sua vida sexual assim como a da sua parceira. Para a maioria dos homens combinar os dois tipos de tratamentos é a melhor opção.

É um problema muito comum nos homens novos, o que não é de admirar visto que a ejaculação precoce tem tendência a melhorar com a idade. Os homens conseguem melhorar o seu controle com a idade.

A ejaculação precoce é o problema sexual mais comum em homens com menos de 40 anos, afetando entre 40% a 70% dos homens em algum momento das suas vidas. Basicamente é considerada uma doença psicológica sem causa aparente.

É difícil definir quanto tempo deve demorar uma relação sexual, visto que isto tem a ver com diversos fatores e difere muito de casal para casal, mas a ejaculação precoce também pode ser o indicativo de que alguma coisa anda mal na relação e assim, ao encarar este problema, pode melhorar toda a sua vida sexual.

O que causa a ejaculação precoce?

Não existe uma causa específica; é uma combinação de fatores. Alguns acham que a ansiedade é a grande responsável, assim como atos sexuais repetitivos e enfadonhos, excitação alta ou baixa demais e tensão muscular. Procurar cada um destes problemas e tentar resolve-los um a um é a chave para tratar a ejaculação precoce.

O que causa a ejaculação precoce?Embora muitos homens consigam separar as relações sexuais dos seus problemas diários a ejaculação precoce também pode ser causada devido a depressão, stress, problemas financeiros ou de outra matéria, expectativas demasiado elevadas em relação ao desempenho sexual, a uma história de repressão sexual ou, na maioria dos casos, à falta de confiança.

Há várias causas que podem levar aos sintomas da ejaculação precoce, sendo os mais comuns a ansiedade, o stress e alguns fatores relacionados com a própria relação sexual ou com a sua parceira.

Problemas no casamento ou na relação ou o desejo de agradar a sua parceira numa relação amorosa recente estão muitas vezes por detrás dos sintomas de ejaculação precoce. Mesmo problemas laborais ou outros problemas sociais podem estar na origem destes sintomas.

Muitas vezes a ejaculação precoce tem a ver com problemas físicos, normalmente relacionados com as hormonas. Muitas vezes os homens jovens têm problemas com a testosterona alta, que normalmente desaparecem com a idade. Outros homens têm hipersensibilidade no pênis, principalmente na glande, o que acaba por levar à ejaculação com um mínimo de estimulação.

Outras vezes a ejaculação precoce vem com a idade, ao aparecerem dificuldades em obter uma ereção, o que obriga o homem a precisar de mais estímulos para obter a ereção e depois leva a que não consiga aguentar muito tempo até à ejaculação.

A ejaculação precoce muitas vezes também leva ao aparecimento da disfunção erétil devido a dificuldades de ereção e à ansiedade que causa na relação. E muitos homens com disfunção erétil também sofrem episódios de sintomas de ejaculação precoce esporádicos ou mesmo frequentes.

Quando um homem está longos períodos sem ter relações sexuais também é comum apresentar episódios de ejaculação precoce devido à ansiedade de satisfazer a sua nova parceira e de se mostrar viril.

Por último, os homens que abusam do álcool, tabaco, droga e fazem uma alimentação desregulada também estão mais propensos a sofrerem de ejaculação precoce e de outros problemas sexuais.

Relacionamentos esporádicos com parceiras de sexo ocasional também podem contribuir para este problema e a ejaculação precoce pode estar relacionada com a falta de intimidade entre os parceiros, sentimentos feridos ou conflitos que interfiram com a capacidade de ligação emotiva.

A ejaculação precoce pode levar a outros problemas sexuais, criando-os ou intensificando algum já existente e levar a um aumento da ansiedade que por sua vez agrava a ejaculação precoce, criando-se um ciclo vicioso que é importante quebrar o mais cedo possível.

O que fazer quando se sobre com ejaculação precoce?

Muitos homens quando isso acontece ficam embaraçados e não sabem o que fazer, e quando estão com uma mulher com a qual já apresentaram sintomas ficam ainda mais ansiosos. Por isso é importante falar do problema e tentar resolve-lo o mais rapidamente possível.

Se você sofre de ejaculação precoce você tem que primeiro “aquecer” a mulher durante o máximo de tempo possível com os preliminares, acariciando-a ou fazendo outras coisas que sejam do agrado de ambos. Beijando-a e acariciando-a até que ela esteja literalmente “a pedir por você” de modo que ela demore o mínimo de tempo possível a atingir o orgasmo após a penetração.

Isto representa conhecer melhor a mulher e os seus gostos, e pode ser complicado numa relação recente, no entanto a chave do sucesso está no falar abertamente com ela e no tentar descobrir o que funciona e o que não funciona com ela.

O que fazer quando se sobre com ejaculação precoce? Também é importante fazer todos os possíveis para aumentar a sua confiança pois a falta de confiança é um dos principais fatores para o aparecimento desta doença. A ejaculação precoce é um problema que afeta gravemente toda a vida sexual de um homem, pelo que é importante fazer tudo o que for possível para a combater logo nos primeiros sintomas.

Claro que a maneira de fazer sexo também interfere muito com a ejaculação precoce, algumas posições como a de missionário potencializam os sintomas, visto que o sangue aflui mais rapidamente ao pénis causando a contração dos músculos mais rapidamente, enquanto a posição em que a mulher fica por cima tem tendência a atrasar mais a ejaculação. A respiração acelerada é outra causa que pode levar à ejaculação mais rapidamente.

É importante testar as posições que lhe permitem durar mais, controlar a respiração, ou mesmo tentar alhear-se do ato em si. Parar quando sente que está quase a atingir o orgasmo é também uma maneira de abrandar a ejaculação (pode aproveitar para mudar de posição e trocarem mais algumas caricias).

Faça todos os possíveis para tentar procurar maneiras de conseguir atrasar o orgasmo o máximo possível. Tente controlar a sua vida sexual logo aos primeiros sintomas desta doença.

Felizmente, como todos os outros problemas sexuais, a ejaculação precoce tem tratamento. Diversas técnicas e remédios podem ser utilizados para resolver este problema e proporcionar uma vida sexual normal. Um dos tratamentos para ejaculação precoce mais eficientes são os suplementos que permitem controlar a ansiedade e a excitação.

Quais os tratamentos da ejaculação precoce?

- Use um bom suplemento. Existe duas classes destes produtos. A primeira são produtos mais antigos, cremes que já andam no mercado à muito tempo, e que se destinam a dessensibilizar o pénis de modo a durar mais na cama. O senão é que pode fazer o mesmo à sua parceira, o que é contraproducente.

Mas existe uma nova classe de suplementos de toma oral que são mais efetivos a controlar os sintomas da ejaculação precoce sem afetar a sua parceira, como aquele que recomendamos ao fundo da página.

Também existem alguns truques que permitem atrasar a ejaculação, mas que não oferecem um tratamento definitivo e que são complicados e embaraçantes de aplicar à frente de parceiras esporádicas, que são precisamente os momentos onde a ejaculação precoce ataca com mais frequência:

- Aplique pressão estratégica. Com um pouco de conhecimento anatómico você pode atrasar a ejaculação ao aplicar pressão em dois pontos:

1. Pressão no períneo, um ponto intermédio entre o escroto e o ânus, permite interromper a ejaculação devido a que exerce pressão direta na próstata. É as contrações da próstata durante o orgasmo que permitem expelir o sémen. Você ou a sua parceira podem assim impedir a ejaculação precoce exercendo pressão neste ponto.

2. Puxar os testículos. Quando o homem começa a entrar no orgasmo o escroto tende a juntar-se ao corpo e é possível atrasar a ejaculação puxando os testículos gentilmente para baixo e para longe do corpo. A sua parceira também pode fazer isto.

- Reduza a ansiedade. Na maioria dos homens a ansiedade com o seu desempenho sexual é a grande causadora da ejaculação precoce. Relaxe e lembre-se que a sua parceira provavelmente preocupa-se mais com todo o ato sexual do que com o momento do orgasmo e que mesmo sofrendo de ejaculação precoce você pode ser bom na cama.

- Tire o clímax das suas expectativas. Em vez de ver o ato sexual apenas como um meio para atingir o orgasmo veja-o como um momento de prazer e interação com a sua parceira. Discuta esta nova abordagem com ela de modo a que ela deixe de lhe causar pressão emocional, seja ela intencional ou não.

Eliminar a ejaculação precoce é possível, mas por norma requer mais que alguns exercícios ou apenas um simples comprimido. As técnicas para controlar a ejaculação precoce são muito efetivas, mas falar com a sua parceira também é muito recomendado.

Muitos tratamentos têm sido experimentados para tratar a ejaculação precoce e uma combinação de métodos é por norma a melhor opção.

Neste site vai poder aprender diversas técnicas que o podem ajudar e conhecer os melhores remedios naturais para o tratamento da ejaculação precoce. Você pode encomendar um dos melhores suplementos para a ejaculação precoce através do nosso site e recebe-lo discretamente pelos correios na morada que indicar.

 
Artigos Relacionados